XIV COPA DOS CAMPEOES DE FUTSAL 2018

REGULAMENTO GERAL

 

 

Art. 1º-  O Empresário Claiton Almeida em parceria com a Prefeitura Municipal de Esteio elabora este campeonato com a finalidade de promover e incentivar o esporte entre os municípios do nosso estado, intensificando o relacionamento entre as agremiações.
 
Art. 2º-  Este campeonato tem como coordenador o Empresário Claiton Almeida em parceria com a Prefeitura Municipal de Esteio.

Art. 3º-  Todos os atletas e dirigentes inscritos nesta competição estarão sujeitos às normas que regem este regulamento.

Art. 4º-  Os jogos serão realizados de acordo com as regras oficiais da Federação Gaúcha de Futebol de Salão. Salvo os ajustes constantes neste regulamento.

Art. 5º-  O limite de inscrição por equipe para o campeonato será de 15 (quinze) atletas, mais 04 (quatro) da Comissão Técnica, que serão os seguintes: Treinador, Massagista e os dois últimos deverão ser profissionais da área, (professor de Educação Física e Médico tendo que comprovar com documento para poder atuar nos jogos de sua equipe). Somente poderá disputar a competição equipes que não estiverem disputando a série Ouro do Futsal Gaúcho, estando liberado a participação das equipes categoria de base sub-17 e/ou sub-20 com a presença de até 3 atletas categoria adulto/livre. Único - Somente poderão ser membros da Comissão Técnica as pessoas com idade mínima superior a 18 (dezoito) anos completos na data do início da competição. É vedado a qualquer membro da equipe acumular funções ou se transferir de funções durante o jogo, caso seja constatado o fato a equipe será responsável pela perda dos pontos da partida, isentando o anotador de avisá-lo.

Art. 6º- Atletas e comissão técnica não poderão participar por diferentes equipes dentro da sua categoria durante a realização do campeonato.; A mesma pessoa não poderá inscrever-se no campeonato em curso como atleta ou membro de comissão técnica dentro de sua categoria por equipes diferentes; Todo atleta que assinar a ficha de inscrição por mais de uma equipe dentro de sua categoria terá sua condição de jogo cassada e não poderá participar do campeonato, mesmo que uma das equipes em que o mesmo estiver assinado, o libere.

Esta liberado o atleta disputar a competição por equipes diferentes, porém em categorias diferentes:

Único - A Equipe que utilizar atleta e ou dirigente irregular em qualquer jogo do campeonato, sujeitar-se-á:
•Perda automática de seis pontos pela equipe infratora independente do resultado;
•Para efeito disciplinar e de estatística serão computados todas as ocorrências do jogo;
•O número de pontos ganhos pela equipe infratora no jogo serão computados normalmente;
• A equipe adversária não será beneficiada com os pontos eventualmente perdidos pela equipe infratora. A irregularidade de participação de atleta configura-se pelo não cumprimento de suspensão automática por força de cartão vermelho, ou ainda, por punição aplicada pela Junta de Justiça Desportiva e não cumprida•.
•- Mesmo a equipe tendo sido penalizada pela inclusão de atleta ou membro de comissão técnica, suspenso automaticamente, não fica extinta a punição de suspensão aplicada, sendo apenas caracterizado o cumprimento da suspensão quando o punido deixar efetivamente de tomar parte em um jogo oficial.

Art. 7º-  Os atletas e comissão técnica deverão apresentar, obrigatoriamente, a seguinte documentação antes do inicio da sua partida: Carteira de identidade, Carteira oficial da FGFS ou documento com foto que tenha o número do RG, sendo aceito somente documentos originais; Em caso de perda ou roubo é necessário a apresentação do boletim de ocorrência; Não será aceito qualquer outro tipo de identificação para atletas e membros da comissão técnica, em hipótese alguma. Único- Os atletas poderão ser inscritos até o termino da 1ª FASE, sendo permitido a substituição na ficha de inscrição de até 03 (três) atletas. Os atletas a serem inscritos não poderão ter participado ou estarem inscritos na ficha de inscrição por qualquer outra equipe participante da competição;


Art. 8º- Qualquer equipe inscrita na competição terá direito de protestar sobre qualquer outra equipe, dentro do tempo previsto até 24(vinte e quatro) horas após a partida.; A equipe interessada deverá encaminhar a Coordenação um protesto relatando o(s) fato(s). Este protesto deverá ser encaminhado a coordenação do campeonato devidamente documentado

Art. 9º- Os jogos serão disputados exclusivamente com bolas oficiais, Marca KAGIVA F5 fornecidas pela Coordenação do campeonato.

Art. 10º- Poderá fazer parte do banco de reservas os seguintes integrantes:
10 (dez) atletas reservas; 1(um) treinador; 1 (um) massagista; um preparador físico e 1 (um) médico, todos devidamente identificados na súmula.

Art. 10.1º- Os atletas reservas deverão usar, obrigatoriamente, um colete. O atleta que não cumprir esta determinação não poderá permanecer no banco de reservas. Ao atleta de quadra que, eventualmente, substituir o goleiro, será exigido o uso de camiseta de jogo de cor diferente dos atletas participantes, com o mesmo número, não sendo permitido o uso de colete nestas condições.

Art. 10.2º- Caso haja semelhança na cor dos uniformes, a equipe que estiver do lado esquerdo da tabela deverá efetuar a respectiva troca no prazo máximo de 15(quinze) minutos. Conforme solicitação do arbitro principal.

Art. 10.3º - Nas costas e na frente das respectivas camisas, preferencialmente, serão colocadas numeração de (01 a 99). É obrigatório o uso de caneleiras. No uso de bermuda térmica, esta deverá ser na cor predominante do calção. As meias deverão estar erguidas ( caso haja numeração nos calções a mesma deverá ser igual ao das camisetas, inclusive dos goleiros). O capitão da equipe deverá estar identificado. O árbitro principal será o responsável pelo cumprimento destas obrigações.

Art. 11º- Nenhum jogo oficial poderá ser iniciado com menos de 5 (cinco) atletas em cada equipe, e nenhum jogo poderá ter continuidade se uma das equipes, ou ambos, ficarem com menos de 3(três) atletas. Se uma equipe ficar reduzida a menos de 3 (três) atletas perderá os pontos do jogo, mantendo-se o escore se estiver perdendo, ou marcando-se o escore de (1 x 0) no caso da equipe faltosa estar vencendo ou empatando o jogo. se as duas equipes ficarem reduzidas a menos de 3(três) atletas, o jogo será considerado como tendo sido disputado não marcando-se pontos para ambos.

Art. 12 º- A duração da partida será de dois tempos de 20 (vinte) minutos corridos, só parando o cronômetro nos 02 (dois) últimos minutos de cada tempo e ou quando solicitado por um dos Árbitros. O controle do tempo será feito em placar eletrônico completo. Ocorrendo avaria no placar antes do início do jogo e não sendo possível o seu conserto até o horário constante da tabela, o controle do tempo será feito manualmente. Único - A partir das oitavas de finais os jogos ocorrerão conforme a regra oficial ( todo jogo cronometrado).


Art. 13 º- Os atletas e membros da comissão técnica deverão ser relacionados na súmula antes do início do jogo. Somente poderá participar do jogo o atleta que, chegando até enquanto estiver ocorrendo o 1º período, salvo apresentado ao anotador da partida devidamente fardado, com documentação e estiver relacionado na súmula.

Art. 14º - Toda equipe que não comparecer até o horário previsto no carnê, será considerada perdedora (W.O.), pelo escore de 2x0. Para seu adversário. Único – Caso o W.O. seja concretizado, os resultados anteriores referente à equipe infratora serão mantidos e os demais jogos terão o escore de 2x0 em favor da equipe adversária.

Art. 15º- A tolerância para a caracterização do W.O. será de 15 ( quinze minutos) a contar do horário fixado na tabela, somente para o primeiro jogo da rodada. Único – Somente o Árbitro principal da partida poderá aplicar o W.O.

Art. 16 º- As equipes não poderão entregar os pontos umas as outras, se ocorrer este fato, será considerado W.O., salvo se for feito acordo anterior em reunião com o coordenador do campeonato, e desde que ambas efetuem o pagamento da taxa de arbitragem.

Art. 17º - A aplicação de cartões disciplinares, estabelecidos nas regras oficiais de futsal, nas cores amarela (advertência) e vermelho (expulsão) constitui medida punitiva que tem por objetivo refrear violências individuais e coletivas. Sujeitar-se-á ao cumprimento de suspensão automática e conseqüente impossibilidade de participar do jogo subseqüente o atleta ou membro de comissão técnica que receber 1 (um) cartão vermelho; A suspensão automática somente se concretiza quando o atleta ou membro de comissão técnica deixa de participar efetivamente de um jogo realizado.
- O controle de suspensão de atletas será responsabilidade das equipes.

Art. 18º– A partida suspensa por mau tempo, será jogada novamente no seu tempo integral, em nova data e horário marcado pela coordenação do campeonato, conforme relatório do árbitro principal da partida. Isto somente ocorrerá caso não tiver 2/3 (dois terços) do tempo regulamentar, do contrário a partida será encerrada e o placar será o constante no momento do encerramento. Se for encerrada por distúrbios, conflitos ou indisciplina geral, o árbitro fará seu relatório e entregará o mesmo à coordenação do campeonato, a qual tomará as providências cabíveis. A equipe que for causadora da suspensão da partida, perderá os pontos a favor da equipe adversária. Indo após o julgamento para apuração dos fatos.


Art. 19 º– Os casos omissos serão resolvidos pela coordenação do evento, conforme o caso.

Art. 20º–  O presente regulamento esta subordinada ao Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Art. 21º– A coordenação não se responsabilizará por nenhum tipo de acidente ocorrido antes, durante ou após o término da partida.

Art. 22º– A coordenação poderá, a qualquer momento da disputa e ao seu critério, modificar datas, horários, locais de jogos, expedir resoluções e ou marcar reuniões, para dirimir dúvidas e/ou fixar normas a respeito deste regulamento.

Art. 23º A pontuação para classificação geral do campeonato, será a seguinte;
Vitória: 03 pontos.
Empate: 01 ponto.
Derrota:00 ponto.

Art. 24º– Os critérios de desempate, dentro da fase, serão os seguintes:
1o – Número de vitórias
2o - Confronto direto (somente entre duas equipes).
3o – Disciplina.
4o – Gols contra.
5o – Gols a favor.
6o – Sorteio.
Único: A partir das oitavas de finais o tempo de jogo de cada período será cronometrado conforme a regra e caso a partida termine empatada, serão cobradas 03 (três) penalidades alternadas, caso persista o empate, uma penalidade alternada até ocorrer o desempate.

Art. 25º - Contagem de pontos para o troféu disciplina:
Cartão amarelo.......................................................................20 pontos.
Cartão Vermelho......................................................................50 pontos.
Suspensão além da automática..............................................100 pontos
Único – Somente terão direito ao troféu disciplina as 04 equipes finalistas da competição.

Art. 26º- Critérios de desempate na disciplina:
1º - Menor número de suspensões além da automática.
2º - Menor número de cartões vermelhos.
3º - Menor número de cartões amarelos.
4º - Sorteio.

Art. 27º – As equipes não terão direito a veto em relação à escolha de arbitragem, cabendo sua escalação a coordenação do campeonato ou Associação contratada.

Art. 28º– As equipes ficam expressamente proibidas de recorrer a Justiça Comum.

Art. 29º– Todo o atleta, dirigente ou integrante da comissão técnica que agredir fisicamente atletas da equipe adversária, atletas da mesma equipe, equipe de arbitragem, comissão de serviços e comissão organizadora, será afastado do campeonato automaticamente até a data prevista para o seu julgamento.

Art. 30º – Todos os atletas, total de 15(quinze), poderão participar da partida, alterando a regra oficial que prevê a participação de no máximo 12(doze) atletas por partida.

Art.: 31º - Fica proibida a presença e o uso de qualquer tipo de instrumento musical (percussão, sopro, buzinas de qualquer espécie e outros artefatos que perturbem o andamento do jogo) em ginásios antes, durante e após os jogos.
§ Primeiro: O árbitro e/ou o delegado da competição fará o relato desta infração em súmula.
§ Segundo: O não cumprimento deste artigo acarretará na perda dos pontos para a equipe adversária, se for constatado o vinculo entre a equipe e a torcida (torcedor).

Art. 32º– A premiação será a seguinte:
Campeão: 01 Carro zero km ano 2018 + 01 Troféu
Vice Campeão: R$ 5.000,00 (cinco mil reais)
Goleador: 01 Troféu.
Goleiro Menos Vazado: 01 Troféu.
Destaque: 01 Troféu
Único: Caso a equipe campeã decida receber o premio em dinheiro o valor a ser reconhecido será de R$ 27.500,00 (vinte e sete mil e quinhentos reais). O prazo para pagamento da premiação será de 30 (trinta) dias corridos da data da final do evento.